quarta-feira, 22 de novembro de 2006

Singularidade Inicial


Eu juro que tento, mas não consigo me livrar desta ânsia de saber o princípio de tudo. Até que fazia bastante tempo que não tocava no assunto. Foi só ler a Época desta semana do meu colega de trabalho para tudo voltar.

A matéria falava sobre a ciência e fé, discutindo o fato da primeira querer acabar com a segunda.

Este não é meu maior drama, consigo compreender as duas no que tange a criação dos seres e do universo – pós big bang, diga-se de passagem. Consigo “misturar” as duas teorias. De que o homem foi criado à imagem e semelhança de Deus, por exemplo. Acredito que somos semelhantes aos macacos e isto basta. Ou consigo compreender que foi criada a Terra em sete dias. Oras, em épocas mais remotas o tempo era medido de forma diferente, logo a discrepância é aceitável.

A ciência em si, também não me traz mais dúvidas nas coisas que já conseguiu provar. Acredito que um dia os continentes foram unidos, que passamos por eras diversas onde não era possível haver vida com o calor e/ou frio intenso de certas épocas.

A pergunta que não quer me calar é: antes do big bang, antes da minúscula partícula que deu origem a tudo, o que havia? Porque aconteceu? Como?

Estava até sossegada no que tange estas questões. Mas, bastou ler a matéria, especialmente um quadro que questiona: “Deus existe?” para todas as questões voltarem à tona. Lá Alexandre Mansur e Luciana Vicária mencionam que o grande trunfo dos cientistas ateus é lembrar que a origem do universo não deixa lugar para a criação divina.

Continuam: “Segundo as teorias mais aceitas, o que havia era algo homogêneo e estável, chamado singularidade inicial. Estável, exceto pela probabilidade ínfima de sofrer uma perturbação quântica. E foi o que ocorreu. Esta flutuação precipitou o big bang e à criação do cosmo. O que havia antes dela? Nada, segundo os cosmotologistas.”

(...)

“Isso porque, antes da singularidade inicial, não havia tempo. O tempo é uma medida de transformação da matéria. Antes desse processo existir, o tempo não existia.”

Opa, péra-la! Antes de tudo existir que não existia nada, nem tempo, eu imagino. Inclusive penso que antes de tudo nem Deus existia, porque um dia Ele não existiu. De onde Ele veio afinal? Como? Por quê? Do nada?

Singularidade inicial? Isto lá explica alguma coisa? Apenas deram um nome ao que eu nem ao menos sei perguntar.

E mais uma vez não responderam ao que eu queria realmente saber.

Ok, podem me presentear com uma camisa branca que amarra atrás e deixa os braços imobilizados, haha!

PS: a quem interessar possa, já postei sobre isto antes aqui e aqui.

11 comentários:

Lara disse...

Ixi...já perdi muito sono pensando nisso também. A reposta que eu encontrei é: Vai saber né?(aliás ultimamente isso é uma resposta para quase tudo. :)
Estimular o pensamento e a imaginação sobre essas coisas é muito bom!Mas, acho que estamos longe de achar uma resposta de fato!
Sobre o concurso, acho que rola uma avaliação antes (depois que vc cadastra o blog) e só aparece os 40 primeiros de cada categoria sendo que as posições podem ir mudando...Não sei muito desses concursos...foi mais falta do que fazer ontem rsrsrrs
Bjus!
PS:Lindonas suas fotinhas do flirck

Davis disse...

E eu achando que tinha dúvidas...

Yvonne disse...

Carlinha, antes de mais nada quero dizer que hoje falei sobre os meus sonhos.
Querida, eu fujo desse tipo de angústia por uma razão muito simples: eu tenho pavor de descobrir que Deus não existe.
Beijocas

clara disse...

Qdo vc encontrar c/ Ele, pergunta. Por hr, gaste teus neurônios c/ algo mais simples. hahaha

DO disse...

Sabe,Carlinha,eu ja me questionei muito sobre estas coisas,mas prefiro não pensar em mais nada disto,hehehe
Posso pirar!
Beijão!!

Rose disse...

Nossa amiga profundo isso hein? porém acho que a maioria de nós ja paramos para pensar no assunto, e acabamos por deixar pra lá pq sentimos que estamos ficando loucos ou não tem tanta importância assim (uma vez q colocamos todas as prioridades na frente).
Bjos e fui

Anormalice disse...

cara,isso até arde a cabeça qndo paramos pra pensar!
sasygagysasa

.*

Loira em Fuga disse...

de onde vimos pra onde onde???
o importante é viverrrr
perdi fios de cabelo pensando nisso, agora abstrai ;-P

clara disse...

passei aki tb pra dizer que consegui postar em tp sobre o sonho possível
bjs,

Carol disse...

Eu simplesmente não acredito em Deus, ele pra mim é uma idealização criada para dar respostas a dúvidas como essas sua.
E também acredito que as pessoas não querem dar tanta importância a ciência e novas descobertas apenas por medo de descobrir que o cara que as protegem nos seus momentos de solidão e dor não existe.
Bom texto =)

Lara disse...

Rsrsrsr...tem certeza? Rsrsrsrs...é tão chato que não dá p descansar muito hehehhehe :)
Bom dia moça!
BJus