segunda-feira, 12 de março de 2007

Saindo da Letargia

Domigo em casa e eu fiz bastante coisa... Como há muito não fazia!

Cheguei da balada (light, uma festinha de aniversário de casamento numa chácara), dormi o suficiente para ter sono à noite - aff, esta mania que me persegue de continuar querendo trocar o dia pela noite.

Trabalhei, analisando uns projetinhos para o antigo emprego, é um bico que dá uma graninha... Lavei roupas na máquina, comprei um celular novo na internet (presente desejado desde o ano passado, e agora como sou "rica" porque não pago faculdade: bingo! Ah, ansiedade agora até chegar).

Só não li nada, acabaram-se todos os livros não lidos em casa e os novos comprados há uma semana ainda não chegaram. E o interesse pela Segunda Guerra aumentou (ou seria nasceu?), desde que li Farda Fardão Camisola de Dormir - do Jorge Amado, seguido pelo Diário de Anne Frank (o livro é um link para o site dela), que retratam este período, eu fiquei querendo saber de tudo, já que desde a época do segundo grau só estudo matérias relativas à construção civil... Vai chegar o Bunker de Hitler, mas deixa pra falar sobre quando da listinha nova de livros.

Finalmente sinto que estou saindo da letargia (é o remédio fazendo efeito), agilizei a compra de memórias para este PC ficar "sarado" e poder instalar o AutoCad e futuramente começar a desenhar projetos de casas... Verifiquei algumas academias (sem sorte) que pudessem oferecer aulas de Pilates, mas pelo jeito terei que recorrer ao circuito Alphaville e pagar o olho da cara... Melhor deixar esta resolução de 2007 para lá, pois resolução prioritária é guardar dinheiro.

Ah, instalei um programinha que cria páginas para blogs, mas parece que não me satisfez, acho melhor aprender na marra o tal html, já li quase todos os tutoriais do Blogger... Ou seja, fazendo o que é possível, dentro do tempo possível para aprender a criar um novo template.

Enfim, é isto, se deixar fico aqui divagando todos os meus planos, mas como tenho uma certa fobia de não realização, costumo por precaução não comentar antes - só depois... Se é que dá para entender.

Pelo que podem perceber, desde o post passado estou ficando animadinha. Mas, quem é meu amigo e não gosta de diárinhos em blogs porque preferem os que têm conteúdo informativo, aviso que não ficarei chateada com falta de visitas e/ou comentários. É uma fase da vida que está passando em minha pessoa e gosto de registrar meus momentos. Não me importarei com a ausência e informo que continuarei visitando os que gosto (e procurando novos, por hobby mesmo).

Por falar em falar da vida, acabei decidindo que vou escrever uma biografia minha, tenho tantos dramas de vidas e vitórias... Talvez nunca publique, mas como nunca escrevi um livro, nem tive filhos, tampouco plantei uma árvore, usarei os arquivos do computador para registrar a vida... Quem sabe algo como "A Biografia de uma Pessoa Comum que tem Uma Vida Quase Anormal"?

Besteira, por besteira, ficarei por aqui...

Beijos!

Nenhum comentário: