sábado, 10 de março de 2007

Redescobrindo o prazer de "blogar"

Pois é, andei sumida, uma semana para mim é muito... Talvez tenha sido a preguiça dos dias quentes, talvez seja apenas uma pausa necessária que o corpo pediu e inconscientemente aceitei.

Talvez tenha sido apenas tempo necessário para me redescobrir. Porque mais que saber quem sou preciso saber o que quero, como ela disse e me identifiquei, saboto minha ânsia de conhecer lugares, pessoas, viver intensamente uma vida de festas e emoções, porque sempre troco tudo isto pelo prazer de ficar em casa.

Troco também pelo prazer de um bom livro (em breve outra listinha, porque até agora foram 17 os lidos este ano!).

Preciso ainda aprender a ter calma suficiente para voltar a ficar quieta por pouco menos de duas horas e atualizar os filmes, velhos e novos, que pretendo ver. Incluindo os DVD's comprados e empoeirados sobre a estante. Mas já consegui assistir o Fábuloso Destino de Amélie Poulain - recomendo.

Por falar em empoeirados, estes dias de ócio internético renderam uma boa faxina na casa - daquelas que parece que a alma fica limpa também. Trocentas sacolas de velharias na calçada a espera do lixeiro (ou carroceiro) que despertam comentários das vizinhas: "Está no pique, hein?". Guarda-roupas arrumado, sacolas de roupas para doação. Cheiro de casa limpa e o prazer do trabalho árduo, mas bem feito.

Conto sobre o emprego novo outro dia, sei que posts longos são cansativos...

E por falar em posts, além do blog linkado acima, no primeiro parágrafo, ando lendo muito outros dois: um famoso (não por opção) e outro novo... (descoberto nas madrugadas insones desta minha vida), viraram queridinhos.

Beijos aos amigos já feitos e queridos também, só que a mais tempo.

PS: do jeito que o tempo voa, logo terei um ano de blogosfera - nunca imaginei, naquela primeira postagem, que fosse me viciar deste jeito.

Nenhum comentário: