sábado, 5 de novembro de 2011

.

Eu acho que ninguém consegue imaginar o tanto que dói.

Nenhum comentário: