terça-feira, 6 de fevereiro de 2007

São Miguel do Gostoso


As férias acabaram, infelizmente, e para coroar o final do meu passeio ao Rio Grande do Norte, resolvi conhecer um lugar literalmente gostoso.

São Miguel do Gostoso, ou simplesmente, Gostoso, para os íntimos.

Reza a lenda, fonte Folha Online, que o vilarejo quando ainda era oficialmente conhecido por São Miguel de Touros, atraía os viajantes que por lá paravam para além de apreciar a paisagem natural e descansar, a escutar por horas a fio os contos de um antigo morador do local, que hospedava caixeiros-viajantes e encantava a todos com suas histórias regadas a café e gargalhadas e que passou a ser chamado carinhosamente de "seu" Gostoso, dando origem ao adjetivo peculiar ao nome santo do município.

Gostoso fica exatamente na esquina do Brasil, marco zero da BR-101, próximo de onde o Brasil faz a curva (em Touros) e local mais próximo do nosso continente à África do Sul. Por isto a brisa é constante, onde não se sente o sol queimar e ótimo para prática de esportes náuticos como windsurf.

Mesmo com tantos atrativos e com moradores de várias nacionalidades encantados pela atmosfera de Gostoso, o local não perdeu o charme e o clima de vila de pescadores, com praias praticamente desertas e uma cidade incrivelmente limpa.

Tudo isto pode ser apreciado na "pilha" de fotos acima ou melhor visualisado no meu álbum clicando aqui.

Nada melhor do que colecionar este tipo de lembrança antes de voltar à vida real e, para quem ainda não conhece, sonhar com um "quem sabe um dia?".

Um comentário:

FaNa disse...

Pode deixar, venho comentar!!!!