quinta-feira, 18 de janeiro de 2007

Férias? Toma lição de casa!

Estou de férias e ao visitar as amigas da blogosfera vejo que ganhei um monte de lição de casa. Vamos a elas então:

- 5 coisas que me deixam feliz, esta listinha foi passada pela Saia Plissada, e como ela mesma afirmou duvidar (ficou esquisita minha colocação) eu escrever apenas cinco, vou confessar que foi difícil. Escolhi então aquelas que são “coisas” realmente e que me fazem feliz assim, meio que do nada:

Cosméticos: amo conhecer, cheirar, comprar e usar. Sim eu acredito em cosméticos e eles me deixam felizes. Como sempre disse o J. “Carla você é a única mulher que usa o creme após creme”, e é verdade. Ou como dizia a Silvia, minha amiga: “Caraca, é o creme da raiz, do meio e das pontas dos cabelos”. Ela só esqueceu de dizer o dos olhos, o do cotovelo, barriga, calcanhar, mãos, o especifico para manchas, o que tira oleosidade, o gloss, o rímel, o perfume...

Bichos: de preferência filhotes, ou vira-latas. Como eles me deixam felizes e em estado de graça.

Amor: este aí fica até difícil encontrar um lugar na lista, se é primeiro, ultimo ou constante. A questão é: nasci e morrerei como a romântica incorrigível que ainda acredita na bondade humana masculina. Ainda bem (eu acho)!

Livros: leitura em geral. Agora descobri os blogs, mas vale revistas (às vezes fico com raiva quando chega minha vez de ser atendida e abandoná-las na sala de espera do salão, do dentista, do ginecologista ou diabo a quatro), bula de remédios, o que for. Amo ler com toda a força. O único porém é que eu detono livros em menos de uma semana e fico com raiva porque a história acabou muito rápido.

Dormir: como eu amo dormir, dormir até tarde, dormir horas seguidas. Simplesmente dormir. E não me incomodaria de ao final da vida contabilizar e ver que passei mais horas dormindo do que acordada, porque sono nunca me falta, mas tempo de colocar em dia sim.

- Resoluções para 2007, foi a Flavynha quem me passou. Como eu estava triste (pra não dizer depressiva na passagem do ano), resolvi não fazer resoluções e acho que continuo firme com o propósito. Só que mulher que é mulher sempre planeja algo, sendo ou não para o ano que começou ou para os dias próximos, eu penso em algo sim, vamos lá:

1. ver mais filmes no cinema e assistir em DVD os que ficaram para trás;
2. aprender autocad e html;
3. fazer algum trabalho voluntário (e se depender da minha decisão a ser tomada não vai dar para dar as aulas de noções de obras pro povo do condomínio);
4. ingressar em alguma terapia para equilíbrio desta mente demente;
5. e, fazer aulas de pilates, para ver se melhoro a postura e sumo de vez com aquela barriguinha que tanto me incomoda.

Não vou passar pra ninguém porque estou com preguiça de pensar e que a Carol me perdoe pois ainda vai faltar a listinha de coisas que eu odeio que ela me passou dias atrás.

Beijos daqui de Natal pra todos e mais uma vez peço: não deixem de contribuir com os refugiados, apenas 20 reais um número e de pouco em pouco fazemos muito. Estamos quase chegando lá, só falta você.

Nenhum comentário: