sábado, 6 de outubro de 2007

Gato em perigo

Toda mãe conhece o choro do seu filho. Tem uma espécie de radar que indica quando ele está em perigo...
Foi assim uma vez, quando descobri que o choro dele vinha de dentro do motor do carro e todos insistiam que eu estava ouvindo "vozes".
Daí que para fuder, acabei de chegar da escola de dança, último dia de ensaio para apresentação amanhã... Tenho que estar bonita e acordar sem olheiras...
Procuro o Nakombi em casa. Nada...
Vou até a rua, escuto o miadinho... lá longe...
Quase quatro da madruga, estou eu na rua, fazendo "psssi, pissii... Nakombizinho... cadê o filhinho da mamãe?"
Ouço outros miadinhos...
Sei que ele está por aí, em perigo! Preso em alguma garagem, quiçá em outro motor de carro...
Acordo a vizinha amiga: "Cris, o Nakombi está em perigo, estou ouvindo que sim...".
E lá vem ela de pijamas para me ajudar.
Encontro o Zé Beleza, no terceiro pavimento da casa do vizinho!
"Putaqueopariu!!! Tinha que ser hoje!"
Daí que começo mímicas tentando indicar caminhos seguros para ele descer: trepo em árvores, subo em muros e nada do, já agora, desgraçado descer.
Desisto, tenho que dormir e estar bela amanhã...
Agradeço minha amiga, que sugere: "Chama os bombeiros!", e eu respondo: "Eles vão perguntar porque eu não acordei o vizinho..."
Resolvo relatar a minha sina e quando ligo o computador, eis que entra pela sala meu lindo gato preto...
Agora deixa eu verificar se não quebrou nada...

47 comentários:

Yvonne disse...

Menina, que baita susto você levou, né? Deu bronca nele e pediu para não fazer mais essas gracinhas? Beijocas
P.S.: Faz um post depois contando como foi a apresentação.

Andréa N. disse...

Adoro gato preto! Fotos, please?!

Lulu on the Sky disse...

Nem sabia q tinha um gato..qto mais preto Carlinha.. e sexta feira 13 não tem medo?
Big Beijos

Flávia disse...

Carlinha! Imagina o bombeiro, que alegria em lhe atender...;)
Uma vez eu perdi um filhotinho que achei no bueiro assim, no motor do carro (única explicação até hoje). Um dia existia Haroldinho. Haroldinho sumiu logo após meu marido ir no centro da cidade com o carro e nunca mais apareceu. Acho que Haroldinho subiu no motor, pegou carona e desceu no centro da cidade! Cruz...
Mini-mini que faz isso como Nakombi. Se aventura por aí, cansa a beleza, fica com preguiça de descer e lá vou eu, de escada em punhos, salvar a Mini-mini folgadona. E não adianta, eles vão ficar mais experientes, mas vão ficar com a mesma frescura.
Ah, boa apresentação pra vc, viu!
Beijos

DO disse...

Qdo eu tinha gato,nem esquentava pros sumiços. Ele sempre acabava voltando,hehehe

Beijão,Carlinha!

Bruna disse...

Carlinha, dei boas risadas hehehe, você é engraçada. Coloca umas fotos da apresentação .... hummm, minha amiga deve ter arrasado!


Beijo grande

Mário disse...

Ih, Carla, felinos são assim mesmo. nasceram para serem livres, nem adianta a gente querer entender...rs. Que bom que ele saiu dessa. Bom findi.

PULCHRO disse...

Não gosto de gatos. Mas depois quero saber se ele voltou inteiro.

Lu disse...

Danadinho esse seu gato hein!
Deu umas palmadinhas nele? hauahauahuahaua
=***

Sonho Meu disse...

Gostei do nome do gato...Nakombi.
ainda bem que ele voltou e nao dormiu na kombi. hehehehe
Tambem quero ver fotos do fujao.
bjos,
me

Rosi disse...

Tem selinho pra vc, passa lá.
Bjs

Osimar Medeiros disse...

Pimpolho já meu deu baitas sustos também. O maior foi quando chegou bêbado no reveillon.

Ingrith disse...

hauhauhauhauha

Menina é incrivel como esses animais nos matam de susto! E voltam pra casa como se nada tivesse acontecido!

marilia disse...

Oi menina...
quer dizer que virou dançarina de vez... e ainda tem que achar gato fujão,heheheheh
sorte sua que tem gato pra procurar...
bjos..
vou engrossar o coro: coloque uma fotinha dele!
bjão!

naenorocha1@hotmail.com disse...

A gente quando tem apego verdadeiro a animais, chamados de estimação, se faz por eles muitas coisas que não dispensamos ao humanos. A minha mulher dorme com um shiuaua e eu durmo numa rede. Um belo dia, me ligaram que ele tinha sumido e eu, conhecendo as contenções emocionais da Gina, tratei de chegar primeiro em casa e procurá-lo. Andei uns seis quarteirões e nada, mas fui de pés. Ai resolvi, com o coração sacudindo ligar para ela. Quando soube, ela deu um grito, que eu nunca tinha ouvido, até mesmo quando um dos nossos filhos adoeciam e careciam dos cuidados dela mais do que os meus.
E isso me fez imaginar, o que leva as pessoas terem este tipo de apego. E me veio uma resposta, rasa, mas eu considero que é por aí. Poderá ser nossa carência por alguém, e os animais são seres vivos, que nos sejam fiéis, que estejam sempre do mesmo jeito, na mesma postura, com a mesma carga de carinho de que todos nós precisamos a qualquer segundo de nossas vidas.
Imagino o teu aperreio, e me conforto pro haveres achado o teu gato preto.
Um beijo
Naeno

FaNa disse...

ai ai ai, esses nossos filhoss...

Rosi disse...

Tá sumida em menina!!!
Tomara que esteja bem.
Bjs

luma disse...

Eu desisti dos gatos por causa disso. Gato foge! Prefiro os cachorros. Eles se prendem aos nossos pés, dia e noite! hehehehe até parece! até ver uma cachorrinha! Beijus

Magui disse...

Que susto...Mas ele tb deve ter ficado nervoso .

Krika Muniz disse...

Putz Carlinha um gato com nome de Nakombi só podia ser arteiro mesmo...rsss...beijão!!!

Yvonne disse...

Querida, muito lindo o seu comentário. Eu nunca vou deixar você, tá? Beijocas

Carolina disse...

iauaiauaieuaiueiauieua


o Félix tem dessas também, um dia ele entrou atrás do guarda-roupa, eu tentei de tudo pra tirar ele de lá e o fdp miandoo.

Ae desisti quando vejo o piratinha saindo todo todo de trás do guarpa-roupa :P

beijoos

Ana D disse...

Eu que AMO animais e tenho 2 gatos (tem até foto da mocinha lá no meu blog), entendo PERFEITAMENTE este post rsrsrsr...E além de tudo foi narrada divinamente as peripècias de quem corre atrás destes seres tão independentes kkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

Micha disse...

q bom q ele apareceu são e salvo.
/(,")\\
./_\\. Beijossssssssss
_| |_.................

Beth disse...

Ufa...que susto!! não tenho gatos por causa dessa independência deles - eles vão e voltam quando querem.
Que bom que ele retornou .... isso é muito bom.

Uma vez levei um susto com minha cadelinha, ela ficava chorando bem baixinho e não a achava em lugar nenhum. Ja estava aos prantos quando ela enfim dá uma arranha na porta. Estava trancada dentro do quarto da minha mãe que tinha acabado de sair para uma viagem. Coitada...teve que voltar, abrir a porta para liberar a Manuela.

Amo esses bichinhos que nos dominam e nos encantam.

Beijão querida

marilia disse...

Bom dia carlinha! fiquei feliz de vc passar lá...
também te lembro com muito carinho, e vira e mexe passo aqui para te dar um beijo...
achou nakombi???
bjão

Sonho Meu disse...

Como tá Nakombi ????(adoro esse nome).
"brigadinha"pela visita.
não mais blogou...tais bem?
bjos,
me

Loira Carioca disse...

Oi amiga quanto tempo... hahaha... o meu gato é branco e apronta tantas que já relaxei!!!
Fica tranquila! Gato é muito safo!
beijocas

Candy disse...

Nem sei como cheguei ao seu blog.. mas fui logo lendo sobre suas férias aqui em Natal.
Terrinha abençoada! ^^

Já sabe qnd vem de novo? =D

beijoos

Felícia Feliz disse...

Mas que safadinho!
Ainda bem q não aconteceu anda com ele!
Um beijo!!!!!!!!!!!!!!!

Yvonne disse...

Lindíssima, quando acesso os blogs que eu adoro, sempre apareço por aqui para saber das novidades. Um grande beijão para você.

Ricardo Soares disse...

welll...reencontrei seu blog olhando o meu antigo que era dedicado apenas a cobrar uma dívida do nefasto ciro gomes...como não quero gastar meu latim apenas com assunto tão desprezível resolvi fazer um blog proprio que convido vc a conhecer... beijo... e ja evoluiu na dança do ventre ??
ricardo

Magui disse...

Desistiu do blogue?

luma disse...

Carlinha, adorei que tenha dado sinal de vida lá no luz!! Espero esteja tudo bem por aí! Beijus

Naeno disse...

Carlinha, tu sabes do carinho que guardo por ti. Sabes também do prazer de vir aqui. Mas tu, ultimamente deu para ser assim, como direi, assim, como farei, assado.
Entras e sai do meu orkut, como estivesses a fazer um filho em mim.
Deixa-me de boca aberta o dia todo e não me socorre com os teus mantimentos.

Lindo o teu texto. Mas esse gato, eu acho que pelo nome e pelo miadinho, é algum japonezinho que está a te deixar perturbada.Ou não.

Beijo
Naeno

Lara disse...

Tadinho!
Essas coisas sempre acontecem em dias que precisamos dormir bem né?
Bus

Grace Olsson disse...

Carlinha, eu na verdade, nunca tive apego a gatos. Sempre a cachorros, pássaros. Mas quando a FOFINHA, uma cadela morreu ficamos de luto. E depois dela nenhum outro entrou aqui em casa.Só de lembrar como a bichinha nos recebia ao chegar, dar vontade de chorar.Até hoje, 7 anos se se passaram e meu filho ainda não superou essa perda. OLha, eu retomei meu antigo blog, o do blogspot e sai do wordpress. Foi bom enquanto durou.Beijos
www.almacigsana.blogspot.com

ciganaglobetrotter disse...

www.almacigana.blogspot.com

Deisinha Rocha disse...

acho q ele tava meio carente, kerendo chamar atenção...
rsrs

aih é um gato, aki é um cachorro...
rsrs

té mais ver...

david santos disse...

Se ele o fez por sofisma, conseguiu. Chamou atenção de todos, penso eu, a quem queria chamar.
Belo post.

Yvonne disse...

Saudades de você. Beijocas

Márcia(clarinha) disse...

Sei lá, bateu saudades...
beijos flor

Teresa disse...

ainda bem q ele estava bem...
mas espera... só me tira uma dúvida... o nome do seu gato é Nakombi???
kkkkkkkkkkkk
desculpa, foi inevitável heheheh
q criatividade!
=*

Cruela disse...

nem me fale nessas pestes..

Tenho uma "Clementina" que dá um trabalho.. tive que mandá-la para a casa de minha mãe no interior...agora ela cismou que cachorro não pode passar na rua lá de casa.

mereço

khrisna disse...

Olá.
E aí? vamos tranformar seu blog em uma edição de um programa de rádio??

Me envie um email e eu te direi com. se quiser também pode acessar o www.delaswebradio.com.br e clicar no link BLOG TRACKS na página principal.

Aguardo retorno

Abraços
khrisna ferraz
k.ferraz@delaswebradio.com.br

Paloma disse...

O meu gato vira-latinha, no primeiro dia, entrou na máquina de lavar!! Tivemos que desmontar toda a máquina! Nossa, eu bem sei o que é esse susto!

apoiofraterno disse...

Feliz 2008!