sábado, 25 de novembro de 2006

A Blogosfera e Eu

Andou rolando por aí uma blogagem coletiva de "por que eu blogo, amigos que fiz e outras coisinhas”, vi em uma única noite vários amigos virtuais contando suas histórias. Apesar de ter perdido a oportunidade me senti inspirada a contar aqui como comecei nesta viagem.

Eu tinha um fotolog – que era tudo que eu conhecia até então de sites pessoais sem pagar provedor. Sabia que os pioneiros foram os blogs, mas fui seduzida primeiramente pelas imagens. Tão seduzida que criei um álbum no flickr e cheguei a pagar para virar “pró”.

Só que a ânsia de escrever me dominava, e ter que escolher imagens (minhas) a cada postagem desestimulava ao que eu queria expor. Tanto é que apaguei sem dó a maioria das fotos por não gostar mais do que estava escrito desde 2004.

Olha o que o desconhecido faz, nunca tive a curiosidade de ler blogs, mas quando criei o meu descobri um mundo a parte e tão real que adorei. Virava noites lendo e conhecendo almas por aí – porque creio que no fundo de cada post tem um pouco de seu autor.

E, além disto, pude aprender que templates podem ser personalizados, coisas que nem minha imaginação fértil podia sonhar.

O primeiro blog que vi cheio de coisinhas foi de uma garota de Goiânia, a Hellen, que foi muito gentil com minha cara de pau em dar dicas de como personalizar – outra qualidade na blogosfera – as pessoas são gentis, em sua maioria, e não poupam em ensinar o que sabem. Não encontrei egoísmo. Hoje ela não posta com freqüência, está em outra cidade tentando a vida de jornalista e lutando na busca do primeiro emprego, e sua história me inspirou tanto quanto seu espaço virtual. Torço com sinceridade para seu sucesso.

Porque tudo que eu tinha de pessoal no meu template era um contador que uma outra amiga, Roberta, havia colocado para mim.

Lógico que a mente de uma quase engenheira quis saber tudo de html, até apostilas baixei na internet. Mas não tive tempo de digerir o suficiente e mais uma vez fui contando com dicas de amigos, de comunidades do orkut e tentativas e erros para deixar o 1,65m de Sol com minha cara. Ainda não está, mas já gosto mais da aparência dele do que antes.

Foi com este tipo de curiosidade que comecei a fazer novos amigos.

Sou do tipo que no orkut não “add” estranhos. Tinha um pé atrás com amizades virtuais – achava que era gente querendo fazer volume na sua vida social. E também, há pouco, havia saído de uma enrascada amorosa de um site de relacionamentos, porque definitivamente o sujeito não era o que descreveu ser...

Mas, em blog é diferente, você vai de link em link, pára naquele que te atrai de alguma forma, se identifica e pronto estabelece-se uma relação tão gostosa, assim como disse a Grace, que até hoje me surpreendo com as deliciosas surpresas que conheci. Estava contando para o J. estes dias, estas pessoas são amigos que parecem que nada têm de diferente dos amigos que a gente escolhe no dia a dia. E fico feliz quando o sentimento é recíproco, quando um “eu gostei de você” vem de forma espontânea e sincera como já recebi.

Não vou citar nomes para não ter que escrever aqui quase todo mundo que está linkado ao lado, nem esquecer os que ainda não linkei por falta de tempo. Mas são pessoas que já fazem parte do meu coração, sinceramente falando. Gente pelas quais eu torço, choro, acompanho a vida, conheço cada dia mais um pouquinho de suas personalidades (muitas delas doces, apesar das agruras da vida de todos nós).

Portanto, além de ter um local meu, onde minha liberdade de expressão é autoridade máxima, ganhei de brinde (e, neste caso, o brinde é mais valioso que a compra) amigos.

PS: dando os créditos à quem iniciou a blogagem da qual não fiz parte: Micha.

17 comentários:

DO disse...

Penso exatamente como vc ,Carlinha: o grande presente que ganhei nestes anos todos de blog foram os amigos que fiz e continuo fazendo.
Claro que,no inicio,nada passava na minha cabeça. E hj encaro o RAMSES como um filho,hehehe.
Engraçado isto.
Beijos e otimo domingo!!

Yvonne disse...

Carlinha, acho legal essas histórias. Eu amo de paixão o meu blog e através dele tenho tido a oportunidade de fazer grandes amigos. Vou escrever a minha história também. Beijocas e um belo domingo.

Micha disse...

adorei seu blog e seu jeito de escrever.
bloggar é fazer mtos amigos, sinceros. estou há bastante tempo nisso e já fiz mtos amigos, q vieram pra realidade. e realmente, as pessoas estão sempre prontas a ajudar...é bom demais.
vou colocar seu link lá no meu, junto com os q participaram, pq do seu jeito, vc participou sim.
beijosssssss

Blogue da Magui disse...

O seu templat é originalíssimo.Eu acho que é o único que não tem divisórias e eu achei muito interessante.Eu já lhe disse isso aqui e não sei qual foi a sua técnica porque não tem nada igual.Não desfazendo de absolutamente nenhum pq tem vários belíssimos, criativos e geniais.Eu também fico desconfiada com pessoas dos blogues quando eu vou durante mt tempo, jamais recebo uma visita ( pelo menos não vejo comentários) e de repente , por um acaso, faço um comentário que não agrada e a pessoa vai ao meu blogue brigar comigo.Já aconteceu isso mais de uma vez e eu fico sem entender como funciona, ainda, esse mundo.Por conta disso eu vou em determinados blogues e qd noto que a pessoa é muito vaidosa, nem comento ou não volto mais.Não é, fácil como é a vida

clara disse...

realmente moça, a generosidade desse povo da blogsfera é impar. Me comove msm.

Tb me senti vontade de postar sobre isso. E vc está contribuindo pra diversidade do rascunho, que, segundo reclamações, anda mto monotemático hahaha

ET: enton vc não add desconhecidos no orkut? Eita... eu te add s/ nem pensar... rs me desculpe!

marilia disse...

oi moça!
sou como vc! comecei a blogar em abril desse ano, qdo minha filha 'fez ", ou criou, um para que eu escrevesse minhas historinhas ...
sou meio limitada internauticamente falando, mas... vou arriscando sempre e ando descobrindo pessoas incriveis através de minhas viagens blogs adentro!
adoro essa forma de comunicação, e espero que possamos desfrutar dela mais...
( pô...falei dificil...0 abraços, marilia

marilia disse...

Ah,... e quanto historias...
meu blog é de memórias de uma familia unica, divertida, original e apaixonada! apareça lá...tem muitas historias, acho que vc vai gostar!
bjão

krika disse...

Vim conhecer seu cantinho através do post comunitario da Micha, adorei... beijão!!!1

Lino Resende disse...

Legal sua história de blog. O que tenho visto sempre que alguém fala sobre blog é o aspecto do encontro de novos amigos.
Comigo está acontecendo a cada dia. O que é muito bom.

Lulu on the sky disse...

Tb participei desse post coletivo, o bom do blog é encontrar amizades verdadeiras.
Sucesso pra vc.
Big Beijos

Carla disse...

Ah, que bom que vc resolveu contar sua história tbem....
Beijinhos...

Lara disse...

Taí, acho que "blogar" é o único vício saudável que existe!!!
Eu também acabei abandonando o flog...heheheheh
Vou perguntar para o namorado como faz aquilo aí comento aqui de novo!
Bjus

Dani disse...

Olá, vim te conhecer!
Muito lindo aki, não consegui ler o post inteiro pois as letras estão muito pequenas, mas deu p entender!
Blogar é td, tb adoro meu bloguinho!
Ta muito bom o post, boa semana, bjk.. =]

Anônimo disse...

Eu tb tenho adorado blogar. Comecei em junho e se tornou um vício saudável e também uma forma de ter amigos. É louco, mas a gente faz amigos, sim, nesse maravilhoso mundo de blog.
Bjs
Saia Plissada

Carol disse...

Ahhh Consegui

Olhaa eu começei com isso no início por moda até pq nem dei fim ao meu blog, depois queria "um amigo" pra expressar todos os meus sentimentos
foi ai que comecei a escrever mesmo!
e tô gostando, ele é um bom ouvinte... sempre faz silêncio qdo estou falando, putz melhor que ele num existe HAiaAUhAha

beijins ;****

Pumpkin disse...

Nossas histórias são parecidas. Comecei com um fotolog. Na verdade quem começou com o flog foi meu cachorro (rsrsrs) e graças a ele fiz muitas amizades, gente de vários Estados, que já cheguei a encontrar pessoalmente. Nossa amizade que começou no virtual, graças aos nossos bichos, e passou ao real, foi tema de uma reportagem num encarte semanal do Jornal O Dia, do Rio de Janeiro.
Faz pouco tempo que descobri os blogs. Claro que já tinha ouvido falar, mas nunca tinha procurado conhecer. Até que um dia um link me levou à página inicial do Blogger e , já que estavam convidando e era "di grátis", resolvi criar um pra ver como era. Gamei! Sempre gostei de escrever e no blog posso eu mesma fazer isso, já que no flog quem escreve é o Galileu hehe Se tiver curiosidade, tem link lá no meu blog pro Vida de Cão.
Obrigada pela visita ao Dizer o que? e pelas palavras muito amáveis. Vou te linkar lá, tá?
Beijinhos!

Anônimo disse...

bom sou iniciate e nuca blogei com ninguem quer ser minha amiga e me ajudar a mecher com isso????????????????